Home / Capa / Operação ‘Pedra Negra’ prende trio e elucida assassinato em Humaitá, no AM
Ação foi deflagrada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20). Adolescente de 15 anos confessou homicídio.

Operação ‘Pedra Negra’ prende trio e elucida assassinato em Humaitá, no AM

Operação “Pedra Negra”, deflagrada pela Polícia Civil na cidade de Humaitá, a 590 km de Manaus, resultou na prisão de três pessoas nesta sexta-feira (20). Durante a ação, um adolescente de 15 anos confessou a autoria de um assassinato ocorrido no dia 11 deste mês no município.

O objetivo da operação foi dar cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão, além de quatro mandados de prisão. Os trabalhos foram realizados pela Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Humaitá e acompanhados pelo diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Mateus Moreira.

Conforme o titular da DIP de Humaitá, delegado Francisco Rocha, um foragido da Justiça de 41 anos foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por violência doméstica.

Um jovem, de 19 anos, que seria o coautor de uma tentativa homicídio ocorrida no dia 2 de março deste ano em Humaitá, foi preso em cumprimento a mandado de prisão. Ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

“Com ele foram encontradas três porções de cocaína e material para embalo de substâncias entorpecentes”, contou Rocha.

Ao longo dos trabalhos, outro homem, de 26 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas. As equipes apreenderam com ele aproximadamente meio quilo de maconha, 30 trouxinhas de cocaína, um notebook, dois aparelhos celulares e R$ 710 em espécie.

A operação atuou ainda no combate a um crime ambiental. O suspeito de 37 anos foi denunciado por manter animais silvestres em cativeiro. Ele assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado para responder em liberdade.

Francisco Rocha ressaltou que durante a operação foi elucidado o homicídio de Jucilei França Damásio, que aconteceu no dia 11 deste mês, em Humaitá. A vítima tinha 24 anos. Um adolescente de 15 anos, investigado por envolvimento no delito, confessou a autoria do crime.

O adolescente ficará à disposição do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM). Os outros homens presos serão encaminhados à Unidade Prisional de Humaitá, onde irão permanecer à disposição da Justiça.

G1.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *