Home / Capa / DODÓ CARVALHO MIRA TRABALHO PARA DAR DIGNIDADE A QUEM DEPENDE DA MANAUS MODERNA

DODÓ CARVALHO MIRA TRABALHO PARA DAR DIGNIDADE A QUEM DEPENDE DA MANAUS MODERNA

O pré candidato a deputado federal pelo PSD, Dodó Carvalho, reafirmou a sua disposição de fazer da Manaus Moderna a sua bandeira de luta na Câmara dos Deputados. Nesta segunda-feira, 13, ele retornou à orla do Centro de Manaus, onde estão localizadas a Feira da Manaus Moderna e o porto onde atracam embarcações que fazem linha para vários municípios do interior do Estado. Por conta do intenso movimento decido ao movimento pessoas, carros e embarcações, embarque e desembarque de mercadorias, a região é um dos pontos mais caóticos da cidade.

— A segunda-feira começou com todo gás. Voltei à área da Manaus Moderna para travar diálogo com meus companheiros da navegação –, disse Dodó, garantindo aos comerciantes, carregadores e viajantes com quem conversou, que é possível mudar, para isso basta ter vontade política e conhecer o problema.

Na sua caminhada na orla, Carvalho pôde observar que embora alguns administradores de Manaus tentaram fazer algo para minorar o sofrimento das pessoas, ainda falta muito para dar uma real dignidade a quem trabalha e transita pela Manaus Moderna.

— Os problemas estruturais são muitos. as escadarias que dão acesso às balsas de embarque e desembarque de cargas e passageiros estão comprometidas e colocam em risco a vida das pessoas que por ali transitam. O trânsito nem se fala, sem horário para descarregar mercadorias, carretas, contêineres, caminhões e carretas estacionam no meio da rua e impedem o escoamento de veículos – avaliou Dodó.

O candidato disse que está ouvindo todos os segmentos envolvidos na movimentação da Manaus Moderna para que sua equipe de assessores formate um projeto que será amplamente discutido, a fim de buscar soluções para destrava os gargalos que arrastam há anos.

— Aproveitei para levar uma mensagem de renovação, fé e atitude. Temos como mudar. Unidos podemos melhorar – disse.

Do Blog do Mário Adolfo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *