Home / Capa / Amazonino destaca integração e mais policiamento nas ruas durante passagem de comando na PMAM

Amazonino destaca integração e mais policiamento nas ruas durante passagem de comando na PMAM


Mudança segue diretrizes do programa GuardiAM, que está sendo implantado a partir da consultoria de Giuliani
O governador do Estado, Amazonino Mendes, participou, na manhã desta sexta-feira (14/09), no Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), no bairro de Petrópolis, zona sul de Manaus, da solenidade militar de Passagem de Comando. Na ocasião, o coronel José Cláudio Nonato da Silva assumiu o comando geral da corporação no lugar do coronel David Brandão.

 

De acordo com o governador, a troca de comando aconteceu de forma natural e está dentro do planejamento montado pelo Governo de Estado para implantação do programa “GuardiAM 24 Horas”, criado a partir da consultoria Giulian Security Safety (GSS), comandada pelo ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani.

 

“Estamos fazendo uma reformulação de forma muito pacífica dentro do sistema de segurança porque, como vocês sabem, já está em vigor a ação da consultoria do Giuliani. Nós precisamos criar uma consonância e uma integração sistemática, se quisermos fazer valer a pena esse grande projeto que é debelar, de uma vez por todas, o crime, sobretudo, o crime organizado”, destacou o governador. “O David (Brandão) saiu porque pediu, deve ter outras intenções, o resto é um movimento natural dentro desse plano”, completou Amazonino.

 

O governador lembrou ainda que, em breve, o Governo do Estado irá realizar mais 1.700 promoções de policiais militares dentro desse projeto. “Apesar de estarmos vencendo a criminalidade, em parte, isso ainda não dá tranquilidade. Qualquer movimentação é em relação a um projeto macro de combate a criminalidade”, afirmou o governador, que cobrou do novo comandante-geral da PMAM a ampliação do trabalho de rua dos policiais.

 

Planejamento estratégico – “A gente tem que trabalhar com planejamento estratégico, sem isso não vamos chegar a lugar nenhum. Com planejamento bem detalhado das operações, o policial faz naturalmente o que ele aprendeu: a abordagem policial”, explicou o coronel José Cláudio Nonato da Silva, que aproveitou para pedir a compreensão da população em relação a esse trabalho da PMAM.
O novo comandante-geral da PMAM afirmou ainda que terá preocupação especial com a saúde dos policiais.

 

“O policial militar tem que ter todo o apoio do comando e do Governo do Estado. Temos um programa intitulado ‘Saúde do Policial’, em que verificamos quem está com problemas de obesidade, pressão alta, colesterol alto, por exemplo. Nesse sentido, a diretoria de saúde e o nosso centro de treinamento físico já estão providenciando projetos, cada um em sua área. É preciso cuidar do nosso policial para que ele possa estar bem na rua para atender à população, além de estar preparado tecnicamente para combater a criminalidade”, afirmou o coronel José Cláudio Nonato da Silva.

 

Para o cargo de subcomandante-geral da PMAM foi nomeado o coronel Ayrton Ferreira do Norte. Já para o Estado-Maior Geral, o coronel José Carlos Lopes de Souza. De acordo com o secretário extraordinário que coordena o programa “GuardiAM 24 Horas”, coronel Walter Cruz, as mudanças são naturais dentro da corporação. “Nós estamos com uma visão do programa e ele precisa de profissionais que tenham exatamente perfil para isso”, explicou.

“O GuardiAM 24 Horas é um programa de governo, que se baseia numa consultoria internacional, onde vamos trabalhar quatro ferramentas principais: treinamento, inteligência, tecnologia e integração. Para isso, nós formatamos times de pessoas que já estão fazendo prospecção nas ruas”, detalhou o coronel Walter Cruz.

 

Experiência – O novo comandante-geral da PMAM é graduado pelo Instituto de Ensino de Segurança do Pará e possui, entre outras especializações, a de Segurança Púbica pelo Centro de Ensino da Polícia Militar da Paraíba, extensão universitária em Gestão de Segurança em Instalações Complexas e Análise de Riscos pela FGV do Rio de Janeiro, além de Treinamento em Atuação de Tática Policial e Gerenciamento de Crises pela Polícia Militar de São Paulo.
O coronel José Cláudio Nonato da Silva ainda atuou no setor de planejamento e operações da Força Nacional de Segurança Pública no Rio de Janeiro, além de ter coordenado o comando de inteligência durante a Copa do Mundo de 2014, quando Manaus foi uma das subsedes da competição, e ter exercido recentemente o comando do policiamento metropolitano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *