VINGANÇA – JOVEM É ASSASSINADO POR ALGOZ EM HUMAITÁ

Uma briga, com acerto de contas entres dois jovens em Humaitá aconteceu nesta noite de domingo (22) POR VOLTA DAS 21H00 na Rua das Orquídeas Próximo a escola Estadual Tancredo Neves no bairro de Santo Antônio.13244224_1077138059039664_436907630773748734_o

Um jovem de 16 anos identificado como W. B. Garcia assassinou seu ex-amigo e desafeto Relrison dos Santos Souza com tres facadas mortais. Segundo informações colhidas no local por populares os dois jovens já haviam se desentendido alguns meses atrás quando depois de uma discussão entre os dois Relrison esfaqueou W. B. GARCIA e logo em seguida sua familia o enviou para Manaus. Relrison passou um bom tempo na capital porém W. B. GARCIA coseguiu escapar dos ferimentos, tão logo se recuperou jurou que se o Relrison voltasse ele iria mata-lo o que infelizmente aconteceu agora a noite.

O crime foi próximo a Escola Estadual Tancredo Neves. W. B. Garcia que cometeu o assassinato é menor de idade e está com 16 anos.  A polícia militar prendeu o elemento suspeito agora pouco as 06h00. A guarnição comandada pelo SD PM ELIZAN BARBA formada pelos comandados SD PM SANTOS DENIZ, SD PM CLEITON CRUZ e SD PM DE MORAES. Por ser menor de idade W. B. Garcia após ser preso deverá ser encaminhado à um centro de recuperação de menores em Manaus, ou ser liberado sob custódia provisória.

É lamentável que dois jovens tenham chegado a vias de fato, dois jovens que eram vizinhos, que após uma brincadeira em que um machucou o dedo do outro na véspera do natal, por estarem bebidos houve briga corporal onde o suspeito de ter assassinado ficou ferido também de faca, após o fato familiares do Relrison enviaram o mesmo para Manaus até que as coisas se normalizassem. Os dois poderiam ter vida longa com seus familiares se deixaram levar pelo ódio e a vingança armada. (Foto da vítima Relrison)

Policiais relataram que ao questionar o suspeito sobre os motivos pelos quais o levaram a cometer o assassinato, o acusado revelou que preferia ver a mãe da vítima chorando do que a dele, disse ainda que não se arrependia do que havia feito, pois sabia que não ia dar em nada. A frieza e a tranquilidade em que o acusado demosntrou impressionaram os policiais, que tiveram que ralar um bocado rodando a noite inteira atras do acusado, até o encontra-lo chegando na residencia de seu Avô.

13237613_1077152062371597_1244249788008406993_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *