Home / Capa / Vasco goleia na estreia e se aproxima de classificação na Pré-Libertadores

Vasco goleia na estreia e se aproxima de classificação na Pré-Libertadores

Gazeta Esportiva – Não poderia ser melhor a estreia do Vasco na primeira fase da Taça Libertadores. Em partida disputada na noite de ontem (31), no estádio Ester Roa Rebolledo, o time de São Januário goleou o Universidad Concepción, do Chile, por 4 a 0 e deu um passo gigantesco para chegar à segunda fase da competição. Os dois times voltam a se enfrentar na próxima semana, em São Januário, e o Vasco pode perder por até três gols de diferença para garantir a vaga.

O resultado fez justiça ao melhor desempenho da equipe dirigida por Zé Ricardo que mostrou muita objetividade para aproveitar as oportunidades de gols construídas durante a partida. O time chileno fez um primeiro tempo ruim, melhorou na etapa final, mas desperdiçou algumas chances claras de gol e permitiu que o Vasco liquidasse a partida sem muita dificuldades. Os gols da equipe brasileira foram marcados por Evander, dois, Yago Pikachu e Rildo,

O jogo – Logo aos dois minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Após boa troca de passes que envolveu Rios, Wellington e Paulinho, a bola foi rolada para Evander que encheu o pé para colocar a bola nas redes.

Surpreendida, a equipe chilena levou alguns minutos para se recuperar do choque causado pelo gol adversário.

A vantagem deu mais tranquilidade ao time carioca que tocava a bola com calma, enquanto esperava que se abrissem espaços na defesa do Concepción.

Aos 15 minutos, o Vasco marcou o segundo gol. O goleiro Cristian Muñoz saiu jogando errado e a bola sobrou para Evander que, da intermediária, arriscou o chute e foi feliz, colocando a bola nas redes chilenas.

Só aos 18 minutos é que o Universidad Concepción chegou na área brasileira em conclusão perigosa de Santiago Silva. O “Tanque” era o único atacante que dava trabalho à defesa cruz-maltina. Aos 18 minutos, ele cabeceou com muito perigo. Dois minutos depois, concluiu para boa defesa de Martín Silva que completou 200 jogos com a camisa do Vasco.

O time dirigido por Zé Ricardo tentava controlar o jogo, trocando passes sem pressa e irritando a torcida chilena.

Aos 30 minutos, de la Fuente investiu pela esquerda e cruzou para a cabeçada perigosa de Santiago Silva que continuava dando muito trabalho aos zagueiros cruz-maltinos. Aos 38 minutos, após boa jogada de Droguett, Santiago Silva colocou a bola nas redes, mas a arbitragem marcou impedimento do atacante. Só aos 45 minutos é que o Vasco voltou à criar chance para marcar. Paulinho soltou a bomba, o goleiro Muñoz deu rebote e Evander desperdiçou a chance de marcar o terceiro, batendo por cima do travessão.

O Universidad voltou mais agressivo , mas foi o Vasco que esteve perto de marcar o terceiro gol aos cinco minutos, quando Andrés Rios ficou livre diante do goleiro Cristian Muñoz, mas bateu para fora. A equipe chilena respondeu em cobrança de falta executada por Huentelaf. Martín Silva deu rebote e Portillo bateu por cima. Aos 13 minutos, novamente a equipe chilena esteve perto do gol. Huentelaf cruzou para a pequena área e Santiago Silva deixou a bola passar, perdendo uma grande oportunidade.

Tentando aumentar o poderio ofensivo da sua equipe, o técnico Zé Ricardo decidiu trocar o meia Wagner pelo atacante Rildo, mas o time de São Januário não conseguiu melhorar o rendimento e quase não conseguia organizar jogadas de ataque. Aos 22 minutos, depois de finalmente prender a bola no ataque, trocando mais de dez passes, o Vasco conseguiu envolver o adversário e a bola foi passada para a conclusão de Pikachu que não levou perigo.

A equipe da casa desperdiçou mais uma chance para marcar o primeiro gol aos 26 minutos. Morales mandou a bomba, Martín Silva fez grande defesa, espalmando para o lado, mas o rebote ficou com de la Fuente que cruzou na cabeça de Santiago Silva. Livre na área, o atacante mergulhou e mandou para fora, perdendo mais uma oportunidade.

O Vasco deu o ar da sua graça no ataque aos 31 minutos, em cabeçada de Riascos. E marcou o terceiro gol aos 33 minutos. Rildo investiu pela esquerda e cruzou rasteiro. O goleiro Cristian Muñoz tentou fazer a defesa e colocou a bola nos pés de Yago Pikachu que não teve o menor trabalho de tocar para as redes. Três minutos depois, o time carioca marcou o quarto gol. Rildo foi lançado pela esquerda e tocou na saída do goleiro Muñoz. Com a vitória assegurada, o time carioca apenas tocou a bola até o final.

FICHA TÉCNICA

UNIVERSIDAD CONCEPCIÓN-CHI 0 X 4 VASCO

Local: estádio Ester Roa Rebolledo, em Concepción (Chile)

Data: 31 de janeiro de 2018, quarta-feira

Hora: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Leodan González (Uruguai)

Assistentes: Carlos Pastorino e Carlos Barrero (ambos do Uruguai)

Cartões amarelos: Droguett, Pedro Morales, Portillo(UConcep); Wellington, Desábato, Ricardo( Vas)

Gols:

VASCO: Evander aos dois e 15 minutos do primeiro tempo; Yago Pikachu aos 33 e Rildo, aos 36 minutos do segundo tempo

UNIVERSIDAD CONCEPCIÓN: Cristian Muñoz, Berrios, Hans Martínez, Mencia e de la Fuente; Manríquez(Portillo), Camargo(Meneses), Pedro Morales, Huentelaf (Pineda) Droguett; Santiago Silva

Técnico: Francisco Bozán

VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Erazo, Ricardo e Henrique; Wellington, Leandro Desábato, Evander(Thiago Galhardo), Wagner(Rildo) e Paulinho; Andrés Ríos(Riascos)

Técnico: Zé Ricardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *