TSE cassa prefeito de Aripuanã e manda fazer nova eleição, direta

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça, dia 10, negar registro da candidatura de Aminadab Meira Santana (PSD), o Mina, prefeito eleito em 2016 no município amazonense de Novo Aripuanã, no rio Madeira.

A sentença da corte manda que seja realizada imediatamente uma nova eleição direta.

Mina já havia sido prefeito do município e concorreu com registro de candidatura pendente de aprovação na Justiça Eleitoral. Sua prestação de contas de 2011 foi reprovada no Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) e acabou condenado por improbidade administrativa, ficando inelegível por oito anos.

O voto inaugural da cassação de Mina foi do relator, ministro Herman Benjamin, que negou o recurso de Aminadab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *