Moradores reclamam que após invasão das casas o clima de insegurança aumentou bastante do Residencial Rio Madeira

Insegurança e aumento de pessoas circulando de madrugada no Residencial Rio Madeira

Moradores do Residencial Rio Madeira que fica situado cerca de 07 km de Humaitá, reclamam que após mais de 60 casas vazias serem invadidas, o aumento pessoas circulando de madrugada pelas ruas, tem assustado e ocasionado tensão nos proprietários das casas, devido a insegurança do local.

Os moradores reclamam ainda que, a falta de informação de como vai ficar a situação das casas ocupadas ilegalmente, deixa em alerta os proprietários que residem nas casas, mas que trabalham na cidade e só retornam no final da tarde. Eles temem que suas casas sejam saqueadas durante suas ausências, e que por falta de policiamento constante circulando no conjunto, aumentou significativamente o número de jovens circulando e fazendo arruaça durante a madrugada.

A Caixa Econômica Federal ainda não se pronunciou sobre os ‘novos’ moradores, nem mesmo algum representante da secretaria de ação social ou da prefeitura ainda não se posicionaram acerca do problema que vem se agravando diariamente. O Residencial Rio Madeira é o maior conjunto habitacional do sul do Amazonas, com 500 casas, onde moram pelo menos 2 mil pessoas.

Imagem arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *