Home / Capa / Flamengo vence Botafogo por 2 a 1, garante vaga e elimina rival, no Engenhão

Flamengo vence Botafogo por 2 a 1, garante vaga e elimina rival, no Engenhão

Rio de Janeiro – Sob clima de insegurança, com confrontos entre torcedores das duas equipes antes da partida, o Flamengo venceu o Botafogo por 2 a 1, neste domingo (12), no estádio do Engenhão, no Rio. Por temer problemas maiores, o time alvinegro chegou a ameaçar não entrar em campo, mas, ao receber a notícia de um reforço na área, decidiu atuar pela quarta rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

O resultado garantiu o Flamengo na semifinal da competição com uma rodada de antecedência. No próximo domingo, o time rubro-negro volta a campo para enfrentar o Madureira e definir quem será o primeiro colocado do Grupo B, o que dá a vantagem de atuar pelo empate na próxima fase. Com aproveitamento de 100%, o rubro-negro tem 12 pontos, enquanto o Madureira tem 10.

Com apenas uma vitória em quatro jogos do Estadual, o Botafogo tem quatro pontos e está eliminado da Taça Guanabara. Antes de enfrentar o Boavista, no domingo, apenas para cumprir tabela, o clube alvinegro joga contra o Olimpia, do Paraguai, pela Copa Libertadores. O duelo no Engenhão, nesta quarta-feira, será o primeiro da terceira fase eliminatória do torneio continental.

 

Éverton, livre na pequena área, conseguiu completar uma jogada e fez o 2 a 1. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação

 

Apesar de anseios diferentes, o jogo no Engenhão foi de equilíbrio e raras chances de gol. Por ter força máxima, diferente do Botafogo, com seu time reserva, o Flamengo assumiu o controle do jogo desde o início e pressionou o adversário, que se defendia com qualidade. A segurança na retaguarda fez com que o time rubro-negro finalizasse somente aos 11 minutos, com Willian Arão, em chute que desviou em Igor Rabello e foi para fora.

Com liberdade pela esquerda, Éverton era o melhor em campo. Aos 13, após driblar dois, o meia passou para Diego chutar para fora Sem conseguir trocar passes e manter a posse de bola, o Botafogo só conseguiu chegar ao ataque aos 18 minutos, em cabeceio fraco de Igor Rabello.

Com o rival bem fechado, o Flamengo passou a explorar o jogo aéreo. Aos 27, Rômulo tentou de cabeça e Helton Leite defendeu. Aos 34, o gol. Após cruzamento de Diego, Guerrero, com liberdade, completou para as redes: 1 a 0.

À frente no marcador, o Flamengo seguiu com o mesmo estilo de jogo. O problema é que deixou um buraco na defesa e pagou caro. Aos 39, Guilherme recebeu pela direita e levantou para Roger empatar: 1 a 1.

 

No próximo domingo, o time rubro-negro volta a campo para enfrentar o Madureira. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação

 

Apesar de necessitar da vitória para ter chance de classificação para a semifinal, o Botafogo não se lançou ao ataque. Seguiu com a postura mais defensiva, em busca de um contra-ataque. Poderia até ter virado, aos 11, mas Rodrigo Lindoso pegou mal na bola e isolou.

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo fez uso do jogo aéreo para furar o bloqueio rival e marcar o segundo gol. Aos 20 minutos, após escanteio, Rafael Vaz tentou de bicicleta. O chute saiu ruim e sobrou para Berrio tocar de calcanhar para Éverton, livre na pequena área, completar e fazer 2 a 1.

Atrás no marcador, o Botafogo buscou o jogo pela primeira vez na partida. Para isso, o técnico Jair Ventura tirou Rodrigo Lindoso para colocar Leandrinho. Aos 31, após boa jogada de Vinícius Tanque, o meia antecipou a defesa e chutou forte. A tentativa parou no travessão. A pressão alvinegra se estendeu até o fim da partida. Aos 45, Guilherme levantou para Leandrinho, que cabeceou, acertou novamente o travessão e desperdiçou a última chance alvinegra na partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-82222721-1