Home / Amazonas / Estão vendendo a Amazônia!

Estão vendendo a Amazônia!

Acredite. R$ 60,00 por um hectare da Amazônia foi o preço acertado pelo Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, com o Banco Mundial e duas ONGs por 3 milhões de hectares na Amazônia. O acerto foi feito e assinado no dia 19 de dezembro. O Banco Mundial, a ONG brasileira FunBio e a ONG internacional Conservation Internacional (CI) “investirão” no Brasil US$ 60 milhões do Global Environment Facility (GEF) em troca da criação de 3 milhões de hectares de novas Unidades de Conservação na Amazônia nos próximos cinco anos. O projeto é conhecido como “Triplo A”, um grande plano internacional para criar um corredor de áreas protegidas (e soberania relativa) na calha norte do Rio Amazonas lingando o Pacífico ao Atlântico. O corredor Triplo A sofreu grande oposição das Forças Armadas brasileiras e foi rebatizado de “Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia”. 

TRÍPLICE ALIANÇA 

O projeto prevê ainda a cooperação internacional entre Brasil, Colômbia e Peru na área de criação de área protegidas. A cooperação entre os ambientalistas dos três países é fundamental para a criação do “corredor Triplo A”.

OLHO NOS DÓLARES

Sarney Filho, o Banco Mundial e as ONGs querem usar os dólares do GEF para melhorar a governança das unidades de conservação na Amazônia brasileira. A parceira apoiará o Programa de Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), que já transformou mais de 60 milhões de hectares em unidades de conservação na região.

— Considero o ato de hoje de grande importância. Esses recursos vão ao encontro dessa ideia –, disse Sarney Filho.

Fonte: Blog do Mario Adolfo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *