Em Maraã, pai toma posse como prefeito no lugar do filho preso

Alguns prefeitos eleitos no Amazonas tomaram posse neste domingo, o primeiro dia de 2017, mesmo com alguma pendência ainda rolando na Justiça Eleitoral, até mesmo com processo em julgamento nos tribunais.

O caso que mais despertou surpresa veio de Maraã, cujo prefeito reeleito, Magno Moraes (PMDB), está preso em Manaus.

Só que isso não impediu sua posse no cargo. Antes do evento, Magno Moraes da cadeia articulou que seu aliado, Marcilon Moraes, fosse escolhido para presidente da Câmara Municipal.

Em seguida, Marcilon chamou outro Moraes para receber o cargo em nome de Magno: o pai do prefeito, o senhor Clóvis Moraes, aposentado, pescador, que não exerce qualquer cargo político.

Foi receber e imediatamente passar o cargo para o vice-prefeito eleito Edir Castelo Branco (PPS).

Na vacância de decisão em contrário, valeu mesmo a manobra comandada por Magno, que é prefeito apenas temporariamente afastado, pelo jeito.

Fonte BNC

Fotos: Clóvis Moraes e Edir Castelo _ Reprodução/Facebook