Campanha ‘Outubro Rosa’ vai fortalecer ações para a redução dos cânceres de mama e de colo uterino no Amazonas

Sensibilizar a população para os dois tipos de cânceres que mais acomete as mulheres amazonenses é um dos principais propósitos da Campanha Outubro Rosa 2017 no Estado. Os dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) projetam que neste ano haverá 440 casos de câncer de mama e 680 de colo uterino no Amazonas. As projeções alertam especialistas na área e fortalecem as ações de órgãos governamentais e municipais e movimentos ligados à causa para a prevenção das doenças.

O Governo do Estado, através da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), fez a abertura oficial da campanha nesta segunda-feira (2) no Paço da Liberdade, Centro de Manaus, em parceria com a Prefeitura de Manaus. Neste ano, o tema principal do movimento é “Atitude exige coragem”. Diante do cenário da doença na região, a ginecologista da FCecon, Dra. Mônica Bandeira, chama a atenção para a intensificação no combate à doença.

 

Nosso Estado tem que tratar do câncer de mama e de colo uterino nessa campanha. O câncer de colo de útero ainda apresenta dados de países subdesenvolvidos em nosso Estado. Entre janeiro a agosto já foi registrado 186 óbitos de mulheres com esse tipo de câncer. Isso é lamentável. Esse tipo de câncer é causado pelo HPV e temos como evitar através da vacina, sendo as meninas de 9 a 14 anos de idade, e os meninos de 11 a 14 anos. São duas doses, uma a cada seis meses”.

Retorno da vacina – Mônica Bandeira ainda alerta para o retorno da vacina para as escolas e as mulheres com vida sexual ativa. “Precisamos trazer de volta a vacina contra o HPV nas escolas. Isso tem de ser revisto para que alcancemos uma ampla cobertura vacinal, como foi em 2013. Paras as mulheres que possuem uma vida sexual ativa vai o alerta para sempre usar camisinha e fazer o preventivo uma vez por ano”.

 

A Praça do Passo e diversas instituições públicas e privadas foram iluminadas, simultaneamente, com a cor rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama, o mais incidente entre as mulheres no mundo.

 

Programações – A coordenadora estadual da Atenção Oncológica, enfermeira Marília Muniz, que também preside voluntariamente a Rede Feminina de Combate ao Câncer, explica que o mês terá uma vasta programação e que diversos municípios do interior também aderiram à causa: Borba, Anamã, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Itamarati, Itacoatiara, Lábrea, Manaquiri, Maraã, Manicoré, Pauini, Rio Preto da Eva, Tefé, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Urucará e Urucurituba. Cada um deles desenvolverá uma programação específica durante o mês.

Na capital, daremos continuidade, através do Departamento de Prevenção e Controle do Câncer da FCecon (DPCC), ao nosso cronograma de palestras preventivas, focando nos fatores de risco, exames de rotina e diagnóstico precoce. Além disso, parceiros como a Prefeitura de Manaus, Marinha do Brasil, Maybelline e Eucatur participarão da campanha com atividades diversas. Pelo menos 14 eventos estão programados em um cronograma montado previamente com foco no Outubro Rosa”, destacou.

 

Doação – A Maybilline destinará uma parte da arrecadação do mês à ONG Rede Feminina de Combate ao Câncer para a realização de ações sociais. Já a Marinha, usará seu navio itinerante para ofertar mamografias no interior. A Prefeitura de Manaus, segundo Muniz, ajudará disponibilizando as carretas da mulher para exames de rotina e desenvolverá uma programação própria alusiva à campanha.

 

A coordenadora da área de saúde da mulher da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Rita de Cássia, comentou que haverá a ampliação na rede de atendimento para exames e vacinas contra o HPV nas unidades de saúde. “Todas as unidades da Semsa estarão abertas neste mês incluindo 10 unidades em horários ampliados, portanto à noite, poderá ser feito também atendimento e sábado até meio dia. Além disso, vamos fazer o preventivo do papa Nicolau e solicitação de mamografia, e da vacinação contra o HPV”.

Apoio – A campanha no Estado conta com o apoio de ONGs como a Rede Feminina de Combate ao Câncer, Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc) e Centro de Integração Amigas da Mama (Ciam), além de movimentos sociais. No Brasil, a campanha é promovida pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) e ONGs filiadas à entidade.

Caminhada – O encerramento do Outubro Rosa acontecerá no dia 25, na Ponta Negra, com a tradicional Caminhada das Vitoriosas e a iluminação no Barco de Assistência Hospitalar Dr Montenegro, da Marinha.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon): Ana Carolina (3655-4784, 98440-0505 e 98148-7230).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *