Home / Amazonas / AFONSO LOBO AFIRMA SER INOCENTE, E COMPROVARÁ ISSO NA JUSTIÇA

AFONSO LOBO AFIRMA SER INOCENTE, E COMPROVARÁ ISSO NA JUSTIÇA

Em mais uma acusação cercada de pirotecnia, o MPF acusou o ex-secretario de fazenda, Afonso Morais Lobo de ter recebido 1 milhão de reais em propinas. O mais estranho de todos esses processos do MPF é que arma uma acusação cheia de falhas e desproporcional aos fatos verdadeiros de forma sigilosa e antes do acusado ser notificado, estampa publicamente seu ato sem a devida notificação da parte interessada.

Por meio de seu advogado de defesa Alberto Zacharias Toron, o ex-secretário de Estado da Fazenda do Amazonas, Afonso Lobo Moraes, negou veementemente a acusação formulada pelo Ministério Público Federal (MPF), sua inocência e afirmará perante a Justiça.
Contudo, é necessário, desde logo, manifestar sua indignação em relação à forma como o Ministério Público Federal divulgou a denúncia no próprio site da instituição, contendo transcrições de interceptações telefônicas sigilosas por força de lei (Lei nº 9.296/96, art. 8º, caput).

A divulgação não só afronta a lei, mas afronta também a presunção da inocência garantida pela Constituição Federal.
Afonso Lobo Moraes confia na Justiça para a apuração independente tanto dos fatos que lhe são imputados, como da conduta do Ministério

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *